10 dicas para recolocação no mercado na terceira idade

10 dicas para recolocação no mercado na terceira idade

Como o mercado de trabalho é bastante seletivo e dinâmico, é bom se organizar para estar apto para a recolocação no mercado de trabalho na terceira idade.

Dicas para se preparar para recolocação no mercado de trabalho

10 dicas para recolocação no mercado na terceira idadeAtualizar e divulgar o currículo

Buscar um formato atual, com tópicos que contenham todas informações relevantes para que suas qualificações sejam destacadas. Após atualizá-lo, cadastre seu CV (curriculum vitae) em todos os sites de R&S (Recrutamento e Seleção) da sua região, incluindo LinkedIn, onde a maior parte das vagas interessantes está postada.

Analisar o que se pode oferecer

Analise suas competências e os resultados que você é capaz de construir através delas. O objetivo descrito no seu currículo deve estar alinhado às competências apresentadas para facilitar a recolocação.

Estudar o mercado atual

Informe-se sobre a dinâmica do mercado na área em que pretende atuar. É possível que tenha mudado muito nos últimos anos e se precise responder de forma diferente daquela de costume. Talvez seja importante voltar a estudar, ora para aprender algum tema específico para atender as demandas da área, ora para atualizar um conhecimento antigo que mudou nesse tempo.

Criar uma rede de relacionamentos (on e off line)

Esta é a hora de acionar as pessoas que se conhece. Elas, principalmente as que estão em plena atuação, podem ajudar neste momento. Ser indicado ainda é a melhor estratégia de empregabilidade. Se conhece pessoas em posições de liderança na área desejada, melhor ainda. Conseguir uma entrevista com essa pessoa, entender mais sobre o negócio onde ela está atuando e perceber se é possível oferecer trabalho para atingir as metas definidas. Às vezes é possível criar a posição desejada despertando no outro a necessidade de alguém mais no time. Usar as Redes Sociais como recurso de relacionamento. O Facebook poderá conectar com pessoas que há tempos não se encontra. Aproveitar para ampliar a rede, com relevância e sinergia. No Linkedin, além do contato com pessoas que se conhece, e que poderão recomendar profissionalmente, poderá seguir empresas e grupos de interesse, além de consultar e receber as vagas publicadas para o perfil. Participar de eventos promovidos por instituições de ensino, empresas e organizações onde se possam absorver novas informações e conhecer pessoas.

Disciplina é fundamental

Enquanto estiver desempregado, dedicar o mesmo tempo de horas comumente trabalhadas para buscar um novo emprego.

Cuidar da aparência e da postura

A imagem conta muito! O problema aqui não é a idade que se tem e sim a forma como se posiciona em relação a ela. Parecer velho é um problema, entende-se velho aquilo que não serve mais, que se tornou obsoleto. Portanto, um profissional velho é aquele que não está atualizado, ou seja, não está preparado para atender as demandas do mercado. O interlocutor verá a atitude e não as linhas do rosto!

Empreender pode ser uma boa estratégia

Mesmo que temporário, ter um “Plano B” já salvou muita gente em tempos difíceis e atualmente muitos têm descoberto talentos ocultos em função da necessidade de um trabalho remunerado, o que depois vira profissão. Os segmentos de gastronomia, saúde e bem-estar se destacam como escolhas de profissionais nesta fase.

Preconceito ou discriminação por idade

Desviar a atenção do quesito idade e focar na capacidade de contribuir para o sucesso da empresa é importante. Trabalho temporário é uma fonte de aprendizado para este momento, uma vez que o foco do processo seletivo nesta área é na capacidade de desempenho do candidato para a atuação específica, não na idade. Ainda no trabalho temporário se poderão conhecer pessoas e estas podem te indicar para outras oportunidades. Informar-se e entender a legislação vigente que trate do tema no Brasil, desta forma transitará com mais confiança nos processos seletivos onde seus concorrentes sejam mais jovens, conhecendo bem os paradigmas que envolvem esta questão.

Seja persistente

Manter-se firme ao objetivo, assim se terá condições de provar a capacidade continuamente e isso pode se tornar um processo cansativo e desafiador, mas não desistir é primordial, afinal se investiu em um bom planejamento para isso!

Contrate um profissional

Se mesmo com as dicas houver dificuldade de recolocação, contratar um consultor/coach de carreira pode ajudar. Ele vai ajudar a fazer esse planejamento detalhado para que a carreira continue, de forma plena e bem-sucedida!

Veja também:

Mercado de trabalho para idosos: tendências