Vinho branco – Veja os mais conhecidos

Vinho branco – Veja os mais conhecidos

Nem só de tintos vive o mundo dos vinhos. O vinho branco é um espetáculo à parte que merece ser conhecido. Em geral são mais frescos e devem ser consumidos gelados. E grande parte deles é usada também para fazer espumantes.

Tipos mais conhecidos de uvas brancas

Vinho branco – Veja os mais conhecidos

Chardonnay

Se a Cabernet Sauvignon é a Rainha das uvas tintas, a Chardonnay é a correspondente das uvas brancas. Dela sai um vinho branco dourado, que pode passar por madeira ou não, dependendo do que o enólogo quer fazer.

Os aromas também dependem da forma como é feito, se vai passar por barricas ou não. Quando não passa tem aromas de frutas cítricas, limão, maçã ácida e pera. Quando passa por barrica pode ter aromas de maçã assada, manteiga derretida, flocos de aveia, noz-moscada, caramelo, baunilha, fumo de madeira. É uma das uvas usadas para fazer os famosos Champanhes.

Sauvignon Blanc

É a segunda casta branca mais cultivada no mundo e tem características bem diferentes da Chardonnay. É só abrir uma garrafa de vinho Sauvignon Blanc e se vai perceber facilmente um aroma de fruta tropical, lembrando maracujá, bem intenso. Além disso, frutas cítricas, maçã verde, manga, melão também aparecem.

Riesling

Famosa pelos vinhos alemães, a Riesling também é uma uva muito famosa e que tem características também únicas: ela exala um aroma petroláceo, de borracha, muito intenso. Mas não pense que isso é ruim, porque não é. E aí é que está a graça dela.

Pinot Grigio

Apesar de ser uma uva muito consumida em países como os Estados Unidos, aqui não vemos muitos vinhos feitos com ela. Em geral os vinhos saem mais leves, com aromas cítricos, de pera e até de lichia.

Chenin Blanc

Mais uma pouco conhecida, mas bastante cultivada. É usada para fazer espumantes e tem também aromas bem leves e pode ser uma ótima alternativa para quem não curtir muito os aromas mais fortes da Sauvignon Blanc, por exemplo.

Gewurztraminer

Essa é uma uva de origem alemã e que tem uma característica muito interessante: quando se leva esse vinho ao seu nariz, vai sentir-se praticamente dentro de um buquê de flores, mas não se iluda, porque na boca ele é seco. Dizem que as mulheres adoram os vinhos feitos com essa uva. Vale tentar.

Torrontés

Uma uva que está praticamente só na Argentina e que também é diferente de todas as outras. É possível encontrar dois tipos de Torrontés: um que tem muito aroma de fruta e outro que tem muito aroma de flor. Na boca é até mais adocicado que a Gewurztraminer, mas ainda assim é seco e pode até te enganar. Mas um bom torrontés com umas empanadas de carne, não tem nada melhor.