Simpatia e Empatia – Duas palavras importantes

Inovação – Uma das forças que movem o mundo

As palavras simpatia e empatia existem na língua portuguesa e estão corretas. Embora sejam parecidas, seus significados são diferentes e devem ser usadas em diferentes situações. Ambas contribuem para o bom desenvolvimento das relações humanas, mas têm conceitos distintos. 

Segundo nosso dicionário temos os significados para as duas palavras:

Empatia: ação de se colocar no lugar de outra pessoa, buscando agir ou pensar da forma como ela pensaria ou agiria nas mesmas circunstâncias. Aptidão para se identificar com o outro, sentindo o que ele sente, desejando o que ele deseja, aprendendo da maneira como ele aprende e etc.

Simpatiaatração que algo ou alguém é capaz de provocar em outra pessoa. Quem tem o hábito de ser muito delicado e agradável, por exemplo. Sentimento de reconhecimento ou consentimento que se desperta em outra pessoa. Estado sentimental que se assemelha ao amor. Capacidade de dar atenção aos sentimentos de uma outra pessoa. Afeto que faz com que duas ou mais pessoas se mantenham unidas.

Desta forma, simpatia é o que nós sentimos em relação aos outros ou o que transmitimos para o outro tendo como objetivo agradá-lo ou estar em sua companhia. 

empatia é tentarmos entender os outros, termos a capacidade de ver e compreender a realidade através dos olhos dos outros tendo como objetivo conhecer e compreendê-lo.

A palavra simpatia

A palavra simpatia tem sua origem na palavra grega sympátheia ou na palavra em latim sympathia e se refere a um sentimento de solidariedade, de boa disposição e empenho para com os outros, que provoca uma ótima impressão e uma disposição favorável, bem como apreço e admiração. 

Pode significar ainda o começo de um desenvolvimento amoroso, devido ao fato de ser um sentimento próximo ao amor. 

Ser simpático é ter a capacidade que as pessoas têm de participar das emoções alheias, fazer o possível para agradar.

O simpático é uma pessoa atenciosa, educada, não soberbo, está sempre feliz, demonstra gentileza e sabe conviver com as pessoas. Seu tom de voz, olhar e gestos funcionam como forma de relaxar o outro.

Confere nossas dicas para se tornar simpático:

  • Considere o ponto de vista alheio
  • Mantenha uma atitude positiva
  • Aceite ser “ignorado”
  • Cumprimente as pessoas com entusiasmo
  • Tenha conversas equilibradas
  • Elogie os outros
  • Pense antes de falar
  • Tenha respeito
  • Trate todos de modo justo
  • Esforce-se para ajudar as pessoas
  • Sorria
  • Seja paciente

A palavra empatia

Já a palavra empatia tem sua origem na palavra grega empátheia e se refere a uma aptidão para se identificar com os outros, se colocando no lugar da outra pessoa, compreendendo seus sentimentos e modo de ser. Significa também a capacidade de compreender uma obra de arte ou outro objeto estética e emocionalmente. Por fim, no âmbito das relações interpessoais se refere à capacidade de se ver como os outros o veem e de ver os outros como eles mesmos se veem.

A empatia leva as pessoas a ajudarem umas às outras. O indivíduo é capaz de ajudar, sentir a dor ou o sofrimento do outro e se colocar no seu lugar, despertando assim a vontade de agir com caridade.

Ser empático é ter afinidades e se identificar com a outra pessoa. É saber ouvir os outros, compreender os seus problemas e emoções. O contato com a outra pessoa gera prazer, alegria e satisfação.

Ao desenvolvermos a empatia em nós, conseguimos ter o real entendimento, a compreensão das idéias, dos sentimentos, das motivações e intenções dos outros.

Como diz Carl Rogers, “Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro e não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele.

Apesar de parecidas, essas palavras vêm cheias de singularidade e de lições importantes para nossa vida pessoal e profissional.