Lidando bem com as expectativas

Lidando bem com as expectativas

O cérebro humano é sensacional. Miríades de possibilidades se apresentam a cada momento, e olha que não utilizamos nem metade do potencial deste presente que Deus nos deu. Nossos pensamentos, já tão complexos em si próprios, multiplicam a problemática quando precisam ser equacionadas com nossas emoções. Seres emocionais, dotados de capacidades múltiplas, somos presenteados continuamente com as diversas nuances que se apresentam. Só tem um detalhe do qual não nos livraremos: A responsabilidade para com toda essa estrutura e a necessidade de nos posicionar adequadamente, perante as consequências de nossas posturas e escolhas.

Expectativas

Sentimento exclusivo dos humanos, o mundo das expectativas é fascinante! A capacidade que temos de compor antecipadamente um quadro que se espera para o futuro. Simular mentalmente algo que possa acontecer, incorporando a isso uma vontade nossa e entendendo que há uma boa possibilidade de dar certo.
Há, no entanto, um lado perigoso em tudo isso: A frustração.
Embora seja extremamente prazeroso esse exercício mental que, além de nos fazer bem, nos prepara para aquilo que está para acontecer, corremos o risco de, ao viver o momento, vejamos que o quadro esperado não se organizou da forma que queríamos ou esperávamos.

Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.
Filipenses 4:6-7

Precisamos perceber que quando a Bíblia nos adverte, não somente sobre este assunto, mas de qualquer outro, o objetivo nunca é nos podar, tolher ou reprimir.
A atitude de manter uma postura de ação de graças, independente do fruto que estivermos colhendo nos protegerá dos males dos sentimentos inadequados. A infinita sabedoria de Deus orientou para que esta dica valiosa chegasse até nós! Um coração grato nos ajudará a enfrentar as adversidades da vida, fortalecendo-nos de maneira que nossas cabeças continuem levantadas, afugentando qualquer coisa que quiser nos fazer desistir.