Equilíbrio – Um dos segredos da vida

Equilíbrio – Um dos segredos da vida

Você sabe identificar quais são os seus limites? Seu perfil é daqueles que tenta “dançar conforme a música” ou estabelece o seu ritmo próprio? Você já se pegou alguma vez como que “correndo atrás do vento” e se perguntou: porque eu faço o que faço?

“Mas o fruto do Espírito é… domínio próprio.” (Gl 5.22-23)

A vida de caos e desequilíbrio começou com o primeiro pecado do homem, lá no Jardim do Éden. O pecado é a fonte geradora de toda instabilidade. A natureza humana manchada pelo pecado tornou-se incapaz de trazer de volta o seu estado original de retidão e equilíbrio. A Bíblia diz que “todos pecaram” e que “o salário do pecado é a morte”; todos estávamos mortos em nossos delitos e pecados. Nesse estado de morte espiritual, apenas resta ser guiado pela inclinação dos prazeres e apetites carnais, ou seja, uma vida insaciável e totalmente desequilibrada. A máxima é: eu faço o que eu quero, porque eu desejo o que desejo.

O que nos consola é o fato de sabermos que não fomos largados à nossa própria sorte. Deus nos deu vida, uma nova natureza em Cristo Jesus. Podemos sair desse ciclo vicioso de desequilíbrio e caos, basta pedir a Deus que nos dê o fruto do Espírito Santo: domínio próprio, equilíbrio, autocontrole.

Mas o que é Equilíbrio?

Equilíbrio é a capacidade de manter-se de pé, mesmo que seja sobre uma corda bamba. Estabilidade emocional, social, física e espiritual. Viver com temperança: a virtude de quem domina seus desejos e paixões, especialmente seus apetites carnais.

Equilíbrio é ficar de pé, saber lidar e reagir de modo positivo em situações adversas. Ter domínio de si mesmo: “Assim, pois, aquele que julga estar em pé, tome cuidado para não cair.” (1Co 10.12)

Uma vida equilibrada é uma vida guiada pelo Espírito Santo

Aquele que é guiado pelo Espírito de Cristo sabe desfrutar dos prazeres da vida sem perder o equilíbrio e sem perder o juízo apropriado. Um exemplo de quem se perdeu e caiu é o de Esaú, que vendeu seu direito de primogenitura ao seu irmão Jacó por causa de um prato de comida: pão e sopa de lentilhas. Seu castigo foi que, por um pedaço de carne, ele deixou de desfrutar das bênçãos de ser o filho mais velho. (Gn 25.29-34).

“Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.” (Rm 14.17)

Viver de maneira equilibrada é muito mais do que sobreviver. A vida não é só comer, beber, deixar como está para ver como é que fica. O Senhor Jesus disse: “eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10.10).

Lembre-se:

– Você é maior que os seus desejos, maior que o seu estômago, maior que a sua profissão…

– Cultive uma vida espiritual saudável.

– Abra espaço na sua agenda para ajudar outros.

– Coloque em prática aquilo que você sabe que precisa ser feito.

– Mantenha uma alimentação saudável e pratique atividades físicas regulares.

– Pare de reclamar. Viva com alegria.

– Trabalhe muito, ganhe dinheiro, mas tenha bons momentos de descanso e lazer.

– Curta mais sua família. Descubra e assuma o seu papel na história como um agente do Reino de Deus, transformado por Jesus Cristo, e que manifesta equilíbrio na vida, o fruto do Espírito.

“Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio.” (2Tm 1.7 NVI).