Dia das mães – Um reconhecimento especial

Dia das mães – Um reconhecimento especial

Bom seria se todos os dias fossem o “Dia das Mães”,
Se os filhos acordassem sensíveis a uma tamanha gratidão,
Se os corações de todos fossem presenteáveis,
Se o amor por todas elas fosse coberto de obediência, respeito, carinho e cuidados.

Ah, bom seria se todos os dias fossem o “Dia das Mães”, se os filhos ouvissem seus conselhos como ouve o melhor amigo, se eles a tratassem realmente todos os dias como uma joia de grande valor, e pensassem bem antes de lhe responder indevidamente.

Bom seria se todos os dias fossem o “Dia das Mães”, e os filhos não as abandonassem depois que crescessem ou constituíssem suas próprias famílias, nem as rejeitassem pelas consequências da idade que o tempo traz.

Bom seria, sim, se todos os dias fossem o “Dia das Mães”, e a gente pudesse florir a vida dela como florimos hoje, e dizer a cada amanhecer sem ser preciso tantas festas aparentes… “Mãe, eu amo você”…. Bom seria… Se todos os dias fosse mesmo o Dia das Mães.

Carta para as mães

O seu valor excede aos nobres rubis. Suas orações são mais valiosas que diamantes.

Hoje, ao acordar, vi que o dia está mais bonito, lembrei-me de você, mãe. Uma mulher virtuosa, cheia de qualidades e de um coração acolhedor.

Mãe, você, mulher positiva, a qual seus pensamentos estão sempre elevados a Deus. Mãe, sua presença em minha vida traz motivação para o meu espírito, o qual me dá alegria e força para viver.

Você, muito mais que minha mãe, é aquela que está em todos os momentos ao meu lado, orando, jejuando e até mesmo chorando no seu culto. Suas orações, são para mim um bálsamo.

Tenho certeza que cada lágrima derramada por mim foi acolhida por um anjo, por isso, mãe, estou aqui lhe agradecendo por tudo isso e muito mais que tem feito por mim.