Ano novo, de novo!

Ano novo, de novo!

Todo começo de ano acontece uma coisa muito interessante: Parece que o ano só começa depois do carnaval. Não sei se é por ser este um grande feriado logo no segundo mês do ano, mas a festa do carnaval acaba representando um segundo réveillon e a quarta-feira de cinzas é como um elo vivo da transição entre os 2 mundos. Bem ao meio-dia podemos assistir o nascimento da nova rotina que se engrena diante dos nossos olhos, deixando pra trás o ciclo que acabou de terminar, agora pela manhã.

Ano novo, de novo

 Há um sentido prático nesse acontecimento que não podemos deixar passar despercebido: Pouco tempo depois de iniciarmos o ano no dia 1 de janeiro, com todos os planos e rumos que pudemos dar ao novo ano que nasce, já podemos viver uma nova chance de começar! É como se a vida nos dissesse assim: “Ok, foi muito bom, mas agora tá valendo! Vamos com toda a força!”.

Planejar e colocar em prática

Sabemos que fazer um monte de planos sem dar o primeiro passo em direção à realização não adianta nada, assim como também entendemos que sair correndo e atirando pra todo lado sem um rumo específico pode ser um mero desperdício do nosso precioso esforço.

Portanto a quarta-feira de cinzas nos apresenta a transição no mesmo dia, com os olhos abertos, para que tenhamos a oportunidade de fazer algo nas duas esferas simultaneamente: Dar uma olhada nos planos e começar agora mesmo uma atitude prática no sentido da busca da realização deles! Nem uma noite de sono aconteceu pra poder nos dissuadir ou titubear! É agora! O primeiro passo!

Sonhos na terceira idade

O ano é novo, a oportunidade salta aos olhos e estamos aqui, firmes, com os pés sobre esta terra que se estende sobre os nossos olhos nos chamando para nos livrar da pele antiga e desgastada do passado, renovando-nos por dentro para uma nova investida!!

Feliz ano novo!