Pesquisa Revela Maiores Medos e Desejos dos Idosos.

O aumento da população idosa e da longevidade impõem uma série de desafios a quem chegou à terceira idade, também chamada carinhosamente de “melhor idade”.

Uma pesquisa buscando respostas sobre como os idosos brasileiros enxergam essa fase da vida e suas expectativas para o futuro mostra quais são os seus principais medos e desejos.

De autoria da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offer Wise Pesquisas, o levantamento foi feito em todas as capitais, com a população acima dos 60 anos.

De acordo com a pesquisa, 95% têm algum temor e preocupação. Ficar doente e depender de terceiros para tudo (42%) é o principal receio.
Também se destacam o temor de ficar sem dinheiro para o próprio sustento (31%), de não ter saúde física (27%), de perder as pessoas que amam (25%) e de não se sentir útil (20%).

Ainda assim, numa escala de zero a 10, os idosos atribuíram média 7 para o grau de felicidade atual. Entre as classes A/B, a nota média sobe para 8.

Já na lista dos maiores desejos para os próximos dois anos, estão: pagar as dívidas pendentes ( 32,9%); aproveitar a vida com familiares e amigos ( 32,8%); fazer um tratamento odontológico, como implantes, próteses e outros ( 25,1%); viajar pelo Brasil (23,6%) e trabalhar (22,8%).

Também foram citados comprar e reformar a casa e veículo, perder peso, deixar os filhos bem financeiramente, viajar pelo mundo, formar filhos e netos e encontrar um novo amor.

O gerente executivo da CNDL, Daniel Sakamoto, diz que a pesquisa tem como objetivo nortear o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o idoso, além de mapear os hábitos de vida e de consumo para que isso possa ajudar os lojistas na hora de atender especificamente esse público-alvo.

“A longevidade aumenta a cada ano e, por isso, há a necessidade desse grupo ser atendido”.