Longevidade – 5 pontos de preparação para uma velhice saudável

Longevidade - 5 pontos de preparação para uma velhice saudável

Existem fatores controláveis – aqueles referentes aos hábitos do indivíduo – e incontroláveis, como genética. No entanto, apenas 20% da longevidade média do ser humano pode ser atribuída à genética – os 80% restantes se devem ao estilo de vida e ao ambiente.

Hábitos saudáveis fundamentais para envelhecer bem

Longevidade - 5 pontos de preparação para uma velhice saudável

1) Exercícios físicos

É de conhecimento da literatura científica que praticar atividades físicas previne diversas doenças, como hipertensão arterial, hipercolesterolemia, artrite, artrose – além de promover a perda de peso, colaborar com a saúde do coração, regulação do ciclo circadiano e auxílio contra transtornos de humor.

2) Alimentação

O que se coloca no prato tem papel primordial na longevidade e prevenção de diversas doenças. Alguns estudos analisaram as chamadas “zonas azuis” – termo cunhado para as áreas com populações extremamente longevas, sendo elas a cidade de Loma Linda, na Califórnia (EUA), a ilha de Okinawa, no Japão, a ilha de Ikaria, na Grécia, Sardenha, na Itália, e a península de Nicoya, na Costa Rica.

3) Check ups regulares

É por meio deles que, caso haja alguma alteração, o médico poderá tratá-la imediatamente – afinal, prevenção e detecção precoces são as maiores armas da medicina. Uma dica importante é a auto-observação. Observar-se todos os dias traz nossa consciência para a saúde e para a regularidade de funcionamento do organismo. Qualquer alteração mínima que apareça, vai chamar a atenção.

4) Saúde emocional

Um estudo publicado no periódico International Psychogeriatrics observou a saúde mental de 29 moradores de Cilento, na Itália – sub-região conhecida pelos moradores com mais de 90 anos. Concluiu-se que, em comum, essas pessoas demonstraram traços de personalidade como otimismo, teimosia, positividade, um forte laço com família, religião, amor pelo ambiente onde vivem, resiliência, comprometimento e confiança em si mesmo, além de forte apoio social. Os pesquisadores determinaram a longevidade dessa população como “um equilíbrio entre aceitação e determinação de superar adversidades, além de uma atitude positiva (…) que dê propósito à vida.”

5) Cuidados com o cérebro

Ele precisa estar em constante estimulação. Aprender novas habilidades, como artes, língua e mundo digital, cria conexões e ajuda a melhorar a memória. Mudar trajetos, fazer projetos e alimentar sonhos são coisas que nos fazem ter desejo de seguir.