4 tipos de flores comestíveis nutritivas

4 tipos de flores comestíveis nutritivas

Existem algumas flores que além de nos dar sua beleza, também podem servir como alimentos. Algumas delas podem ser importantes fontes de nutrientes que, combinados com seu agradável sabor, podem ser usadas em um prato diferente ou em um chá maravilhoso.

 4 Flores comestíveis

Flor de abóbora

4 tipos de flores comestíveis nutritivas

Da planta de abóbora, que pertence ao gênero de plantas com o nome científico de Cucurbita, pode-se aproveitar não apenas a abóbora em si, como também suas sementes e flores. As flores de abóbora são utilizadas em diferentes pratos, como sopas ou guisados. É muito utilizada em pratos da gastronomia mexicana. Há quem a utilize como acompanhamento em macarronadas.

Flor de rúcula

4 tipos de flores comestíveis nutritivas

A flor de rúcula, planta com nome científico de Eruca sativa, pode ser usada de várias maneiras, especialmente para condimentar alimentos. A é da mesma família da couve flor e do brócolis, suas flores são muito aromáticas e podem ser usadas em saladas, ainda que apareçam também como ingredientes em sopas.

Flor de jasmim

4 tipos de flores comestíveis nutritivas

A flor de jasmim é uma das flores mais apreciadas por sua fragrância agradável, além de ter uso variado, que vai do chá ao perfume. Entre as variadas espécies, talvez a mais comum seja a que leva o nome científico de Jasminum officinale. O chá de jasmim é famoso por ter propriedades calmantes, ou seja, pode ser utilizad

o para controlar sintomas de estresse, ansiedade e depressão.

Dente de leão

4 tipos de flores comestíveis nutritivas

É outra das flores mais utilizadas. Cientificamente é conhecido como Taraxacum officinale, e a planta é especialmente útil por suas flores. Apesar de crescer em muitas partes do mundo e de suas propriedades benéficas, algumas pessoas consideram o dente de leão como uma má opção. Mas, sua intensa cor amarela é um bom sinal de que possui betacarotenos, além de conter ferro e cálcio.

Essa planta também adquiriu fama como bom desintoxicante do fígado. Uma das maneiras mais comuns de utilizar é no preparo de chás.