Frutas Cristalizadas – Receita fácil

Frutas Cristalizadas – Receita fácil

As frutas cristalizadas, também conhecidas como frutas confeitadas ou frutas glaceadas, tem uma técnica de conservação antiga, tendo sido introduzida há 4000 anos, no Egito. Na Europa, teve o seu início na França, com a cristalização da fruta em mel.

O que é a cristalização?

Frutas Cristalizadas – Receita fácil

A cristalização consiste em substituir grande parte da água dos frutos por calda de açúcar, dando-lhes uma aparência cristalina. Esta técnica impede a deterioração da fruta e, consequentemente, permite que se mantenha por muito mais tempo, preservando algumas propriedades da fruta ao natural. No entanto, é muito calórica, dada a grande concentração de açúcar.

As melhores frutas para cristalizar são a laranja, o limão, os figos, o pêssego, a cereja e o abacaxi. Frutas muito macias, como os frutos silvestres, são difíceis de cristalizar, pois se desfazem com facilidade.

Para além da sua utilização em bolos e doces, as frutas cristalizadas são uma guloseima tradicional em várias regiões do mundo.

Frutas Cristalizadas – Receita fácil

Frutas Cristalizadas – Receita

Ingredientes:

  • 2 laranjas
  • 2 limões
  • 450 g de açúcar
  • 8 rodelas de ananás
  • água

Como fazer:

Cortar os limões e as laranjas em rodelas finas, retirar as sementes e colocar num tacho. Colocar as fatias de abacaxi num outro tacho. Cobrir ambos com água fria e levar ao fogo, deixando ferver durante 10 minutos.

Escorrer os frutos e colocar 1,5 litro da água num tacho.

Juntar o açúcar e levar ao fogo até levantar fervura, mexendo sempre com uma colher de pau, para que a açúcar se dissolva. Deixar ferver durante 3 minutos e juntar os frutos.

Mantenha a fervura, em fogo baixo, durante 30 minutos ou até que o limão e a laranja fiquem translúcidos e brilhantes.

Deixe que a fruta esfrie na própria calda, escorrer e colocar numa grelha.

Levar ao forno, preaquecido a 180º C, baixando para os 120º C quando introduzir a grelha.

Quando secarem, guardar os frutos cristalizados num frasco hermeticamente fechado.

Sugestão:
Aproveitar a calda como adoçante em bolos ou bebidas.