Feijoada – História e Receita

Feijoada – História e Receita

A feijoada é uma comida típica do Brasil.  Consiste em uma mistura de feijão preto, carne de porco, farinha, verduras,  legumes, entre outros ingredientes.

Muitos acreditam que a feijoada foi criada pelos escravos. Porém, historiadores e especialistas da culinária dizem que esse tipo de comida já existia em outros lugares do mundo. Pratos parecidos na Europa, como o cozido, em Portugal; o cassoulet, na França; e a paella, que é a base arroz, na Espanha.

Porém, não se pode negar que os ingredientes usados são de especialidade brasileira, como o feijão preto. O feijão preto é de origem sul-americana, além dos complementos que se utiliza nessa receita que também são típicos de nossa cultura nacional, como o arroz, a farofa, a couve e laranja.

Receita de Feijoada

Feijoada – História e Receita

Veja também:

Lista de comidas típicas de cada região do Brasil

Ingredientes

  • 1 kg de feijão preto
  • 1 kg de linguiças: calabresa defumada, paio e portuguesa
  • 250 g de lombo defumado
  • 1 orelha de porco dessalgada
  • 1 pé de porco dessalgado
  • 1 rabo de porco dessalgado
  • 1 língua de porco dessalgada
  • 250 g de costelinha de porco dessalgada
  • 250 g de carne seca dessalgada e cortada em cubos
  • Um copinho de 80 ml de óleo de soja
  • 1 cebola média picada
  • 5 dentes de alho picado

Modo de Preparo

Colocar em uma panela de pressão, o feijão preto lavado, a orelha, o pé, o rabo e o lombo defumado. Acrescentar a água. Fechar a pressão e, assim que pegar pressão, contar cinco minutos. Retirar a pressão, abrir a panela e transferir para uma panela maior. Acrescentar água quente, três dedos acima do feijão. Colocar as linguiças, as costelinhas e a carne seca. Deixar ferver e acrescentar água sempre que necessário, até que os grãos de feijão estejam macios, porém ainda firmes e inteiros.

Em uma frigideira colocar o óleo de soja, acrescentar a cebola picada e deixar que ela fique transparente. Juntar o alho picado e refogar. Adicionar na frigideira do refogado uma concha do feijão e misturar. Levar tudo para a panela do feijão. Retirar as linguiças e os pertences e fatiá-los. Outra vez, voltar tudo para a panela, misturar bem e deixar apurar até que fique com um caldo levemente grosso e brilhante.

Para que o feijão fique bom é imprescindível que partes como língua, rabo e orelha sejam cozidos junto. No entanto, uma opção para quem não aprecia é separar essas carnes depois do cozimento e servir em uma panela à parte. Ou dispensar.