Doce de leite – Os 10 melhores da Argentina

Doce de leite – Os 10 melhores da Argentina

Impossível visitar Buenos Aires e não voltar com a mala cheia de vidros de doce de leite. Mas como escolher diante de centenas de marcas disponíveis nas prateleiras?

Doce de leite argentino

Doce de leite – Os 10 melhores da Argentina

Chimbote        

Uma famosa marca Premium de doce de leite argentino. Há vários anos considerado o melhor de todos por boa parte dos apreciadores, é macio e tem a cor mais clara que os demais. Por sua fama e alto padrão, é também um dos mais caros.

San Isidro Labrador

Feito com leite de vacas da raça Jersey, rico em gordura e proteína, é um doce de leite escuro, denso e muito cremoso. Ideal para comer puro, na colher – ou até com as mãos, como fazem os mais apaixonados. Muito bom para acompanhar um pudim caseiro.

Havanna

Eis o queridinho dos brasileiros. Pode ser que a fama da mais conhecida marca de alfajores impulsione as vendas, mas o sabor não deixa a desejar. Opaco e pegajoso, o doce de leite Havanna é perfeito para ser comido puro depois do almoço.

La Salamandra

Mais fácil de ser encontrado fora da Argentina. Pois a maioria da produção dessa marca é exportada. Sorte dos países que recebem essa iguaria: um doce de leite macio, cremoso e viciante. É bom comprar quantos potes conseguir encontrar.

La Sereníssima Estilo Colonial

Uma das mais conhecidas e apreciadas marcas de doce de leite argentino. Também pode ser encontrado no estilo “Actual”, que apesar de bom, não chega aos pés do Colonial.

Campo Quijano

Esse vem direto de Salta, província no norte da Argentina. Similar ao Chimbote, é um pouco menos amanteigado que o concorrente. Delicioso, suave e difícil de encontrar. Por isso é bom começar a procurá-lo desde já nas prateleiras de Buenos Aires, Bariloche ou onde mais estiver.

Sancor Receta Original

Legítimo doce de leite argentino à moda antiga. Com a textura e o sabor incríveis, a dica é usá-lo para rechear uma típica media Luna portenha. Para dar um toque mais adocicado, pode jogar açúcar de confeiteiro por cima.

San Ignacio

Essa marca de médio porte possui diversos estilos de doce de leite à venda. Sua versão clássica é semelhante ao “Actual” da La Serenissima, sendo cremoso, macio e suave. Mas as demais variedades do San Ignacio, com banana e chocolate, por exemplo, se parecem mais com uma bala de caramelo do que com um doce de leite argentino.

ILoLay

Grande e conhecida marca da indústria de laticínios argentina, especialmente por seus queijos. Mas seu doce de leite também merece destaque: moderno, cremoso e nada enjoativo, pode se dizer que é impecável. É o melhor de sua intermediária faixa de preço. Vale cada centavo.

Milkaut

Apesar do nome, não pertence à marca de chocolates Milka. Cremoso, embora com textura um pouco açucarada, é escuro e intensamente. Por isso mesmo, um pouco enjoativo aos paladares mais sensíveis.