Balas de Coco Tradicionais – Receita caseira

Balas de Coco Tradicional – Receita caseira

Quem tem mais de 30 anos se lembra: não havia festa de aniversário ou casamento sem as balas de coco caseiras, embrulhadas em papel crepom. Branquinhas, derretiam na boca. Aos poucos, porém, começaram a rarear, até que praticamente sumiram do cenário, deixando no lugar versões industrializadas artificiais. Além de serem tradicionalmente conhecidas, as balas de coco são deliciosas e podem ser feitas em casa a partir de poucos ingredientes.

Receita de Balas de coco

Balas de Coco Tradicional – Receita caseira

Ingredientes

  • 200 ml de leite de coco (integral);
  • 200 ml de água;
  • 1 kg de açúcar refinado.

Modo de preparo

  1. Utilizar uma panela de alumínio mais espesso.
  2. Disponha de uma pedra de mármore ou, no mínimo, granito e que esteja bem gelada. Se necessário, colocar um saco plástico com pedras de gelo sobre a pedra até ficar bem frio, depois retire e seque para usar.
  3. Colocar o leite de coco, a água e o açúcar em outro recipiente e mexa até dissolver o açúcar.
  4. Derrame na panela de alumínio sem sujar as bordas da panela, pois se ficarem cristais de açúcar, a bala pode açucarar.
  5. Levar ao fogo e não mexer mais. A calda vai subir e depois começar a reduzir. Quando estiver borbulhando e começar a amarelar (cerca de 18 minutos), abaixe o fogo e comece a testar o ponto.
  6. O Ponto: com a ponta de uma colher, tire um pouco de calda, e jogue sobre uma xícara, com água gelada, fazendo movimentos circulares. A calda cai em fios. Pegue esses fios com os dedos e tente quebrá-los. Se quebrar como se fosse vidro, está no ponto. Caso contrário, continuar testando até chegar ao ponto, sempre trocando a água da xícara e a colher.
  7. Despejar no mármore untado com margarina (não use manteiga, pois a bala ficará rançosa, diminuindo sua durabilidade). É importante que não raspar a panela, apenas virar no mármore e deixar escorrer a calda, se não ela pode açucarar.
  8. Quando as beiradas da massa começar a endurecer, (cuidar para não se queimar) começar a virar a massa no mármore, colocando na parte que está mais fria. Quando ficar na temperatura da mão, começar a puxar (esticar várias vezes), até que fique bem branquinha e riscada. Então, cortar com tesoura e deixar secar espalhadas sobre o mármore ou um tabuleiro. Após secar (elas já não grudam uma nas outras, mas ainda estão duras), coloca-las em recipiente tampado para amolecer.